Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007
a vizinha de cima TODOS os dias estende os lençóis, cobertores, mantas, toalhas de mesa e afins a tapar-me mais de meia varanda, ao ponto de abrir a janela e ter vista para um cenário com flores velhas e desbotada e quadradinhos amarelos e verdes!...

Digam lá... está a precisar de uma maldade não?
Assim do estilo... levar com cinza, ou uma gordurita, ou até pedir ao marido que fuma na varanda para "acidentalmente" encostar o cigarro a uma toalhita e tal...

É que é assim, já lhe disse algumas vezes para ter atenção a isso, a senhora nessas vezes até recolheu a roupa, mas fosga-se... tenho que dizer todos os dias?
A sorte dela é que eu tenho pena dela, porque é velhinha e assim um bocado pró marreca... faz-me até lembrar a Madame Min dos livros do tio Patinhas...

Só não entendo é onde é a velha vai buscar tanto lençol, cobertor e toalhas... será que tem problemas de incontinência???
Ás tantas...

sinto-me Acho que vai haver um acidente
música A Aldeia da roupa branca, Beatriz Costa
tags: , ,

publicado por filhaemãe às 13:56 | link do post | favorito

De Anjos a 13 de Dezembro de 2007 às 18:45
A minha faz isso, sacode tapetes, toalhas de mesa, com a minha roupa estendida põe a roupa a estender a escorrer a sujar os vidros que tinha acabo de limpar, arrasta móveis até à 1 da manhã e recomeça às 7, queres mais???? sim porque eu tenho mais...


De filhaemãe a 14 de Dezembro de 2007 às 00:10
A tua vizinha é que precisa mesmo duma maldadezinha...
Olha depois de escrever o post, fui à varanda e como já me estava a irritar ver aquela colcha e aquele cobertor a esvoaçar, prendi-os às cordas da roupa que tenho no tecto da varanda!
Ela quando os recolheu deve ter ficado admirada de ter a roupa dela presa nas minhas cordas!
Agora se ela mesmo assim não se "tocou" vou mesmo entrar em medidas mais drásticas... Imaginação não me falta


De Anjos a 14 de Dezembro de 2007 às 09:33
Eu já fui bater à porta da vizinha, pedi-lhe para ter mais atenção às coisas que faz, ficou tão ofendida que deixou de me falar. A coisa acalmou depois de ter escrito um recado e o ter afixado no quadro de informações do prédio, acho que se pudesse tinha-me morto naquela hora é mesmo uma parvalhona!


De filhaemãe a 15 de Dezembro de 2007 às 23:07
Olha tá visto que as acções valem mais do que as palavras. Hoje o marido da vizinha encontrou o meu e pediu-lhe desculpas pela roupa mal estendida, que a mulher está doente e bla, bla...
Por isso tá visto que se voltar a ter "cortinas" indesejáveis na varanda, amarro-as às cordas do tecto que é um mimo!
Já a tua vizinha, p*ta que a pariu, que vizinhas assim só dá vontade de as mandar pelas escadas abaixo...
Fazem as coisas e ficam ofendidas... Tá bem, tá...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

O Blog de uma filha de sua mãe, que tem uma filha, da qual ela é a mãe...
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Para quem puder...

Já falta pouco...

Em destaque!

E um mês após ter iniciad...

Ena, afinal ainda cá ando...

Ao ponto que se chega...

É só para tirar o cheiro ...

Foi exactamente há 2 anos...

quanto à barra que coloqu...

Consequências de ser uma ...

arquivos

Novembro 2009

Outubro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

acidente

amigos

amizade

amor

amy winehouse

animais

avaria

blog

blogs

calor

câmara

casa

cigano

computador

condutores

creche

crianças

crise

cunhas

dah!?

desejos

desemprego

destaque

dieta

dinheiro

diz que até não é um mau blog

doença

dor de cabeça

emprego

entrevista

espiritualidade

estrada

eu

filhota

futebol

gente doida

governo

hipocrisia

iac!

infância

injustiça

ipss

irmã

lisboa

livros

mãe

marido

media

mentiras

metro

miséria

mudanças

mulheres

mundo

música

natureza

o segredo

óculos

país

palhaçada

parvoíces

pobreza

política

porto

portugal

prémio

role models

rsi

rua sésamo

sapo estúpido

ser mãe

slimmy

sociedade

sócrates

solidariedade

televisão

tempo

testes idiotas

trabalho

tralha

variedades

vida

vizinhos

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds