Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Caro senhor primeiro Ministro do nosso estimado país:

 

Quem lhe escreve é aquela cidadã modelo (lembra-se?) que abdicou de um Subsídio de Desemprego modesto para iniciar um emprego precário, provisório e instável, a recibos verdes, auferindo uma remuneração muito inferior ao subsídio abdicado. Sei que nesse momento lhe dei um bom motivo de satisfação, pois para além de ter deixado de ser um encargo para o orçamento da Segurança Social, aliviava as estatísticas do desemprego em Portugal, que Sua Excelência tão aprecia.

 

Lamentavelmente tenho a comunicar-lhe que não poderei continuar o meu esforço de o alegrar e de contribuir para o sucesso das suas políticas (elas existem?) para a melhoria das  condições de vida do nosso país. Informo-o que a a partir do dia de ontem voltei a ingressar na lista de desempregados do nosso país, agravado pelo facto de que retomei a minha inscrição na Segurança Social como beneficiária de Subsídio de Desemprego.

 

Sei que estou a penalizá-lo duplamente, ingressando nas estatísticas "negras" do Desemprego" e aumentando o peso das verbas do Subsídio de Desemprego no Orçamento da Segurança Social, mas como o meu caro Primeiro Ministro há-de compreender, a minha situação financeira não me permite abdicar deste meu direito de receber subsídio de desemprego.

 

Infelizmente até hoje só consegui um emprego precário, que ainda por cima era provisório. É claro que o que eu gostava era mesmo conseguir um emprego mais estável, mas isso está a revelar-se muito difícil, principalmente na área do Trabalho Social.

 

Sabendo que Vossa Excelência ficaria muito agradado se eu conseguisse um emprego estável, gostaria de lhe recordar que o Trabalho Social é uma área da responsabilidade do estado, directa ou indirectamente (através do apoio a IPSS). deste modo o Sr. Primeiro Ministro pode reparar que a solução para este meu (e seu) problema está na verdade na sua mão! E não será preciso fazer nenhuma jogada de charme ou markting publicitário para que se consigam mais vagas para trabalhadores sociais, pois como o Sr. Primeiro Ministro já deve saber, a Área Social  é uma das áreas com maiores carências ao nível de recursos humanos, sendo que há ainda muitas franjas da nossa população que não têm qualquer acompanhamento e intervenção social, apesar das necessidades gritantes que apresentam.

 

Assim apenas lhe peço que dado este nosso (meu e seu) problema, em vez de se lamentar que cada vez há mais desempregados, pense que uma parte deles (onde me incluo) podem deixar de o ser, se o seu governo abrir as vagas tão necessárias que alguém há algum tempo achou por bem congelar.

 

Grata pela atenção dispensada, com os meus melhores cumprimentos,

 

A autora do Blog Filha da Minha Mãe.

 

 



publicado por filhaemãe às 15:32 | link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De sarikitita a 11 de Julho de 2008 às 13:46
Subscrevo e assino em baixo!!!
Tambempreciso de um desses empregos na área do Trabalho Social...
Será que o sr. Primeiro Ministro tem olhado para o nosso país com olhos de ver?!
Beijocas.


De filhaemãe a 14 de Julho de 2008 às 23:13
Vem aí eleições legislativas e autárquicas... vamos ver se nos toca alguma coisa...
Beijinhos e boa sorte para nós!


Comentar post

O Blog de uma filha de sua mãe, que tem uma filha, da qual ela é a mãe...
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Para quem puder...

Já falta pouco...

Em destaque!

E um mês após ter iniciad...

Ena, afinal ainda cá ando...

Ao ponto que se chega...

É só para tirar o cheiro ...

Foi exactamente há 2 anos...

quanto à barra que coloqu...

Consequências de ser uma ...

arquivos

Novembro 2009

Outubro 2009

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

acidente

amigos

amizade

amor

amy winehouse

animais

avaria

blog

blogs

calor

câmara

casa

cigano

computador

condutores

creche

crianças

crise

cunhas

dah!?

desejos

desemprego

destaque

dieta

dinheiro

diz que até não é um mau blog

doença

dor de cabeça

emprego

entrevista

espiritualidade

estrada

eu

filhota

futebol

gente doida

governo

hipocrisia

iac!

infância

injustiça

ipss

irmã

lisboa

livros

mãe

marido

media

mentiras

metro

miséria

mudanças

mulheres

mundo

música

natureza

o segredo

óculos

país

palhaçada

parvoíces

pobreza

política

porto

portugal

prémio

role models

rsi

rua sésamo

sapo estúpido

ser mãe

slimmy

sociedade

sócrates

solidariedade

televisão

tempo

testes idiotas

trabalho

tralha

variedades

vida

vizinhos

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds